HIGIENE ESPIRITUAL

 

No evangelho de Mateus, no capitulo 15, a partir do versículo 10 lemos:

10  E, chamando a si a multidão, disse-lhes: Ouvi, e entendei:

11  O que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem.

E depois, do versículo 17 ao 20 consta:

17  Ainda não compreendeis que tudo o que entra pela boca desce para o ventre, e é lançado fora?

18  Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem.

19  Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias.

20  São estas coisas que contaminam o homem;

 Quando os israelitas saíram do Egito, eram um povo que por quatrocentos anos haviam vivido como escravos. O Senhor lhes daria agora um território e faria deles uma grande nação.

Inicia-se então um grande trabalho. O de organizar e instruir este povo, transformando-o em uma  nação. Torná-los capazes de viverem em paz e união entre si, de se organizarem social e politicamente, capazes de produzirem e se tornarem autossustentáveis, e de se defenderem como uma  nação que leva o nome de Povo de Deus.  Era necessário que eles deixassem de pensar e de agirem como escravos.

 Uma grande nação deve ser uma nação saudável. Para isto, deveriam se organizar neste sentido, começando por adquirir fundamentos de higiene e saneamento, evitando contaminações, as quais poderiam resultar  em epidemias, que por sua vez poderiam dizimar o povo. Tais fundamentos resultaram nas leis de higiene e saneamento. São importantes na comunidade judaica da época, no sentido de preservação física do povo. Elas chegaram aos dias de Jesus, com um grande número de detalhamentos e preceitos. Foram criados rituais e cerimônias envolvendo-as.

São fundamentos de higiene física do povo. Nada tem de espiritual. Embora possam ser vistas como figura do que haveria de vir por meio de Jesus: fundamentos de higiene espiritual.

 Ser limpos de coração. É um dos passos de crescimento espiritual ensinados no Sermão da Montanha. A higiene espiritual. É sobre isto que Jesus fala. É isto que deve ser praticado, precedendo em importância á higiene física.  Se a boca fala do que o coração está cheio, o que sai da boca identifica como está o interior do homem: limpo ou sujo. Assim como a falta de higiene física pode trazer enfermidades que contaminam as pessoas e até uma população resultando em epidemia, a falta de higiene espiritual também pode contaminar o homem  e contagiar muitos do povo de Deus, tornando-se como uma epidemia que atinge toda uma população e é capaz de dizima-la espiritualmente.

O Filho de Deus ensina fundamentos para organizar o Reino de Deus no coração dos homens. Ele é antes de tudo um reino espiritual, e seu líder nos traz fundamentos de higiene espiritual.

Devemos nos manter limpos de coração. Estar atentos á nossa higiene espiritual.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s