O SACERDOTE ZACARIAS

 

Lucas capitulo 1

5  Existiu, no tempo de Herodes, rei da Judeia, um sacerdote chamado Zacarias, da ordem de Ábias, e cuja mulher era das filhas de Arão; e o seu nome era Isabel.

6  E eram ambos justos perante Deus, andando sem repreensão em todos os mandamentos e preceitos do Senhor.

7  E não tinham filhos, porque Isabel era estéril, e ambos eram avançados em idade.

8  E aconteceu que, exercendo ele o sacerdócio diante de Deus, na ordem da sua turma,

9  Segundo o costume sacerdotal, coube-lhe em sorte entrar no templo do Senhor para oferecer o incenso.

10  E toda a multidão do povo estava fora, orando, à hora do incenso.

11  E um anjo do Senhor lhe apareceu, posto em pé, à direita do altar do incenso.

12  E Zacarias, vendo-o, turbou-se, e caiu temor sobre ele.

13  Mas o anjo lhe disse: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João.

18  Disse então Zacarias ao anjo: Como saberei isto? Pois eu já sou velho, e minha mulher avançada em idade.

19 E, respondendo o anjo, disse-lhe: Eu sou Gabriel, que assisto diante de Deus, e fui enviado a falar-te e dar-te estas alegres novas.

20  E eis que ficarás mudo, e não poderás falar até ao dia em que estas coisas aconteçam; porquanto não creste nas minhas palavras, que a seu tempo se hão de cumprir.

21  E o povo estava esperando a Zacarias, e maravilhava-se de que tanto se demorasse no templo.

22  E, saindo ele, não lhes podia falar; e entenderam que tinha tido uma visão no templo. E falava por acenos, e ficou mudo.

23  E sucedeu que, terminados os dias de seu ministério, voltou para sua casa.

24  E, depois daqueles dias, Isabel, sua mulher, concebeu, …

 

No templo o lugar mais sagrado, era chamado Santo dos Santos. Nele estava a Arca da Aliança, e somente o Sumo Sacerdote entrava nele uma vez por ano.  Disposto como uma antessala situava-se o Lugar Santo. Ali estavam o Candelabro, a Mesa da Proposição e Altar de Incenso. O sacerdote entrava sozinho para queimar o incenso na hora da oração. Com a fumaça do incenso subiam também as orações do povo até Deus.  Este trabalho realizava o sacerdote Zacarias, quando encontrou o anjo á direita do altar de incenso.

O fato de Zacarias temer ao anjo deve-se a um aspecto cultural judeu, pois diziam que vendo o Senhor (associavam a presença do anjo a presença do Senhor) certamente morreriam.

O anjo Gabriel, porém dissipou os seus temores, passando na sequência a falar-lhe sobre o motivo da sua vinda.  Uma mensagem da parte de Deus. Disse ele a Zacarias: “ tua oração foi ouvida, e tua mulher dará á  luz um  filho “. Acrescentou tudo o que o Senhor estava para realizar através da vida do menino.

A benção anunciada era muito grande. O sacerdote Zacarias havia pedido por esta benção durante toda a sua vida conjugal.

O Senhor mandou dizer que estava lhe dando. Ele, porém se deteve na sua impossibilidade e na de sua mulher.

Estava ali na sua frente o sobrenatural, e ele focou o natural.

O Senhor disse que faria, ele se deteve na sua falta de entendimento de como isto aconteceria.

Ele pedira o Senhor atendera, e agora ele não podia crer.

 Por isto, o anjo o declarou mudo até que tudo o que anunciou se realizasse. Desta forma, não poderia se manifestar negativamente á sua esposa, nem com sua confissão contínua da sua impossibilidade, dar legalidade a Satanás para que este tentasse atrapalhar ou retardar o que estava para acontecer, e que nas palavras do anjo, a seu tempo se haveria de cumprir.

Por outro lado, este foi um sinal imediato para ajudar a Zacarias na fé a respeito do que se viria a cumprir nos próximos dias. Sempre que constatasse a sua mudez, Zacarias saberia que o que se passou com ele e o anuncio ouvido eram fatos reais e que o poder de Deus operaria estas coisas.

Assim saiu Zacarias do Lugar Santo, após inquietante demora para todos os que o aguardavam, mudo, assustado, e absorto em seus pensamentos; cumpriu o resto da  semana de seu serviço, e voltou para casa.

  Esteve com sua mulher, ”ambos impossibilitados de gerar”, mas ela concebeu, e mesmo sendo avançada em idade, sua gestação foi tranquila, e o parto dentro da normalidade, cumprindo-se assim o que Deus havia anunciado através do anjo Gabriel.

O quanto cada um de nós, se parece com o sacerdote Zacarias.

Muitas vezes, a benção está em nossas mãos, mas só vemos as dificuldades.

 O Senhor “prepara uma mesa perante mim, na presença de meus adversários, unge a minha cabeça com óleo, e o meu cálice transborda.” Salmo 23. Mas só vemos a presença do adversário.    Não nos atemos á presença do Senhor e nem á mesa que já está posta diante de nós.

 Pedimos o mover sobrenatural e de Deus a nosso favor, mas nos atemos apenas á nossa limitação humana.

Será que precisamos de um sinal igual ao que foi dado ao sacerdote Zacarias para então crermos?

Precisará o Senhor nos deixar mudos para não permanecermos confessando a nossa incredulidade?

A confissão de nossa incredulidade dá á Satanás legalidade para agir  a nosso respeito.

Há um texto da palavra de Deus em Isaías capitulo 55 versos 11, no qual o Senhor diz: ”A palavra que sair da minha boca, não voltara para mim vazia, antes fará o que me apraz e prosperará naquilo à que foi designada.”

O Senhor nos diz através do profeta Jeremias no capitulo 32, versos 27;  ”Eis que Eu sou o Senhor, o Deus de toda a carne; seria qualquer coisa maravilhosa para mim?”

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s