COMBATI O BOM COMBATE. GUARDEI A FÉ.

 

Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé

O apóstolo Paulo escreveu esta frase no final de sua vida, na sua segunda carta á Timóteo, seu filho na fé, no capitulo 4, versos 7.

O ministério apostólico de Paulo nos é narrado no livro Atos dos Apóstolos e suas cartas complementam as informações a seu respeito.

A respeito de suas lutas, seu combate, cita-os de maneira resumida em 2 Corintios capitulo 11, versos 24 a 27.

No final, ele nos fala que guardou a fé, como o bem mais precioso, porque todas as lutas e todo o combate visavam tirar-lhe a fé.

Ele triunfou sobre todas as lutas, combateu o bom combate e saiu vitorioso, de posse de sua fé em Deus.

TRAZENDO ISTO PARA NOSSA VIDA.

Estamos no percurso de nossas vidas.

Também nós temos combates. Cada um de nós vive os seus combates, as suas lutas. A nossa fé é constantemente provada. Seja a nossa luta contra as enfermidades do corpo ou da alma. Seja contra tentação ou opressão maligna. Seja em problemas conjugais ou com os filhos. Seja em dificuldades financeiras. Sejam em dificuldades emocionais, traumas. Seja em situações onde nos sentimos injustiçados, marginalizados e até discriminados.

Não podemos de maneira alguma negligenciar a nossa fé. Ela é o que devemos guardar até o fim, quando então receberemos a coroa da justiça que nos está guardada.

Após cada combate, devemos examinar a nossa fé. Se ela foi atingida e sofreu um desgaste, se ficou enferma, se foi ferida e enfraqueceu. Devemos então buscar uma igreja, que é o hospital que o  Senhor nos preparou para nos restaurar usando seus servos, os quais preparou para este fim.

Deste modo nossa fé sairá fortalecida. Acrescida.

Muitas vezes, pensamos em porque tantas lutas nos acontecem.

O mesmo apóstolo Paulo, instrumento de Deus, nos ensina na carta aos Efésios, no capitulo seis versos 12 que:

Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.

A nossa luta não é contra pessoas, contra carne e sangue. Ela tem origem no mundo espiritual. O apóstolo nos fala dos principados, das potestades, das hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. E não só nos ares, no espaço, mas também na terra, ao nosso redor, estão os demônios, os espíritos malignos que querem nos derrotar.

O apóstolo Pedro na sua primeira carta, no capitulo 5, verso 8 e 9 nos exorta a:

O Sede sóbrios e vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;    Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo.

Mas também a palavra de Deus em 2 Corintios, capitulo 10 versos 3 a 5, nos ensina que:

Porque, andando na carne, não militamos segundo a carne. Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas; Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo;

As nossas armas não são carnais, porque lutamos contra adversários espirituais.

Usamos então: Crer na palavra de Deus, isto é, exercer a nossa fé em Deus. Orar com fé. Esperar com Fé. Resistir firmes na Fé. Tomar posse da benção com fé. Ter atitudes segundo a fé. Usar a autoridade de cristão com fé.

Entendemos então porque guardar a fé. E porque o combate tem como objetivo guardar a fé.

 

TRAZENDO ISTO PARA O NÍVEL DE NAÇÃO.

A fé cristã e o cristianismo vivem intensos dias de luta, e o combate já existe desde os primeiros dias da cristandade.

E a fé cristã precisa ser observada e defendida pelos brasileiros, para que Deus não venha e julgue a nossa nação.

Como sabemos o que é de Deus e o que não é?

Ora, Jesus nos disse que pelo fruto conheceríamos a arvore. Disse também do ladrão, ou seja, o diabo, o qual não vem senão a roubar, a matar e a destruir. Logo, tudo o que se identifica com estes verbos, que apresenta estes frutos: matar, roubar e destruir, se identifica com o inimigo.

DESTRUIR

A família cristã, como instituição criada por Deus, nos moldes de Deus vem
sendo atacada com o objetivo de destruição.

  1. Dizem que no primeiro mundo, as famílias têm no máximo dois filhos.
    Que no mundo de hoje é muito difícil criar filhos. Que para que não sofram privação e provação, devemos limitar ao máximo possível o numero deles.

Ocorre que estas nações de primeiro mundo, notadamente na Europa, se tornaram países de idosos, com tendencia a desaparecer como etnia.

Se cada casal tiver só um filho, em quatro ou cinco gerações esta etnia se extinguirá.

Porque não creram e nem observaram a palavra de Deus que diz:”Crescei e multiplicai-vos.” Por pensarem e agirem da forma contrária á palavra de Deus. Por isto Deus está julgando estas nações.

Em lugar deles, os muçulmanos que estão la chegando como refugiados, tem 6 a 8 filhos por casal. Em quatro gerações a Europa será muçulmana. Silenciosamente a etnia celta, notadamente cristã se extinguirá e a Europa estará povoada por árabes muçulmanos.

  1. As uniões homo afetivas, que é um nome disfarçado para casamentos entre pessoas do mesmo sexo. Também estas uniões não geram filhos. Estão levando o povo a quem pertencem estas uniões a mesma situação da Europa. Cristãos diminuindo por não exercerem sua fé na palavra que  Deus ordenou.

A palavra de Deus é a verdade imutável e eterna.

MATAR

1. Conta a história que os assirios, povo cruel cuja capital Nínive foi jugada por Deus e destruída , eram ferozes guerreiros e cruéis conquistadores. Para demonstrar o seu desprezo pelo povo conquistado, algumas das mulheres grávidas deste povo tinham seus fetos tirados a espada e lançados aos porcos.      Terrível.

O que dizer da lei do aborto provocado? Também não estará arrancando fetos com vida e os matando?   Será que somos tão cruéis como o assirios  aos quais Deus julgou?

Não os cristãos. A vida pertence á Deus.

2. Dados estatísticos revelam no Brasil em 2017,   59103 assassinatos. Um a cada nove minutos. Isto é 30 vezes mais do que na Europa. Mesmo países em guerra não tem uma taxa tão alta de assassinatos.

ROUBAR.

 A corrupção, o roubo do que é da nação, do povo, por grande parte dos políticos é de conhecimento geral, e achamos desnecessário falar ainda mais do que já é dito todos os dias sobre isto.

Quadrilhas de narcotráficos e o crime organizado são comandadas por bandidos que estão dentro das prisões de segurança máxima.

A luta dos cristãos desta nação não é, como sabemos, contra a carne e o sangue. Não é contra pessoas, contra um determinado partido ou facção política, nem contra nenhum governante. A nossa luta é contra os principados, as potestades, os dominadores deste mundo tenebroso, contra as hostes da maldade nos lugares celestiais.

Não são contra pessoas nem partidos políticos. No entanto, observe e veja quais os frutos que apresentam as pessoas, os partidos políticos, os governantes. O que apresentam seus frutos? O que é de Deus ou o que é do diabo.

Muitas nações já foram julgadas por Deus, e hoje não podem mais exercer sua fé em Cristo.

A exemplo de nações conquistadas e escravizadas, como vemos nos livros de história e nos filmes, vemos hoje nações em que os seus cidadãos perderam suas propriedades e se tornaram escravos do estado.

Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.   É o que diz a palavra de Deus na carta aos Gálatas capitulo 6 versos 7.

Com Deus não se brinca.

Não se engane e nem se deixe enganar.

Siga sua vida com Deus.

Combata o bom combate.

Não negligencie a sua fé em Deus e na sua palavra. Guarde a sua fé em Deus como o tesouro mais precioso.

 

 

 

 

 

Um comentário sobre “COMBATI O BOM COMBATE. GUARDEI A FÉ.

  1. Graça

    Parece-nos terrível o costume entre os ninivitas, que para mostrarem seu desprezo pelos povos conquistados, tirassem o feto do ventre das mulheres grávidas e os jogassem aos porcos.
    No entanto, nossa sociedade vê com naturalidade a legalização do aborto.
    Quem é o comandante dessas ações?
    O mesmo agente destruidor.
    O inimigo muda de tática mas não muda a sua essência. Seu objetivo continua o mesmo:
    Destruir no ser humano, a imagem é semelhança do Criador.

    Achei o artigo excelente.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s