GETSÊMANI

 

PARTE 3.  FINAL

 

No paraíso, o diabo convence o homem de que a palavra de Deus não se cumpriria, e o homem desobedece ao Senhor. Seu pecado foi antes de tudo o de incredulidade. Por certo de que aqui no Getsêmani esta batalha contra a incredulidade tem que ser vencida. A palavra de Deus diz que Jesus ressuscitará dos mortos.

A pressão do homem físico traz também no seu bojo a incredulidade, e Jesus é tentado pelo inimigo neste sentido, pois ele mesmo diria logo a seguir a seus discípulos que o espírito esta pronto, mas a carne é fraca. O diabo é oportunista e assim o que faz é tentar através da carne. Este é outro detalhe em que o cordeiro de Deus destinado ao sacrifício é examinado.

O terceiro aspecto desta batalha é a resistência á separação, mesmo que momentânea do Pai, o que seria uma consequência de Jesus tomar sobre si os nossos pecados. Os nossos pecados fariam divisão entre ele e Deus, até o momento em que o preço por estes pecados fossem pagos, ou seja, até o momento de sua morte. Especialmente por isto ele declarou que sua alma estaria profundamente triste até a morte.

Por outro lado, ele que nunca pecou, estaria arcando com a tristeza, com o pesar, com o pavor e terrível depressão por tudo o que os homens fizeram contra Deus e contra o seu próximo. Todos os assassinatos, estupros, incestos, roubos, adultérios, idolatrias, blasfêmias, incredulidades e todas as desobediências e ofensas cometidas pelo homem durante todos os tempos contra Deus e contra a sua vontade estariam diante dele e pesando sobre ele. O seu amor pelo Pai tornam este aspecto quase que insuportável.

Paralelamente, ele estaria tomando sobre si também, a consequência por estes pecados, ou seja, as enfermidades geradas por eles. Ele que nunca esteve enfermo, levaria sobre si as nossas enfermidades, sendo flagelado por elas até que seu sacrifício como Cordeiro de Deus remisse todos os pecados e eliminasse a consequência deles.

No entanto tudo já está estabelecido e planejado. Tudo já esta posto diante dele e depende dele o rumo que tudo vai tomar. Ele sabe o que o Pai espera dele e tem estabelecido para ele neste momento.  A luta é imensa e a pressão sobre si mesmo é esmagadora.

A profecia de Isaías diz que: ”quando a sua alma se puser por expiação do pecado”- Isaías 53:10, ele iniciará a caminhada rumo a vitória pretendida. Para obter a vitoria sobre o pecado, sobre a morte e sobre o inferno, a sua alma deverá decidir pelo que já quer o seu espírito, que é fazer a vontade do Pai.  Ai começará a sua vitória.

Ele deverá abrir mão de sua vida e ir para o sacrifício na cruz.

Ele deve tomar sobre si os nossos pecados e as nossas enfermidades, ficando até a sua morte, que será no dia seguinte, separado da divindade pela barreira que estes pecados formam entre os homens e Deus. Separado de Deus, quer dizer do Pai, do Espírito Santo e da divindade que ele (o Filho) próprio também o é.

Este ultimo aspecto, que se apresenta como uma consequência dos anteriores, o de ficar separado de Deus até que o preço pelo pecado fosse pago.  Cremos ser o cálice que Jesus rogou ao Pai dizendo : Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres. Mateus 26:42.

Após orar ao Pai pela terceira vez, Jesus retorna aos discípulos que trouxera consigo, e as suas palavras demonstram que sua alma decidira em fazer tudo conforme o propósito de Deus. A sua alma se pusera por expiação do pecado. A caminhada rumo á vitória se inicia.

Ele terá que, apenas como homem, o homem sem pecado que tomou sobre si os pecados do mundo inteiro, derrubar com seu sacrifício, derramando todo o seu sangue, a barreira que nossos pecados formaram nos separando de Deus, e agora o separando a ele mesmo, a fim de juntar-se novamente ao Pai e reassumir seu lugar de origem como Deus e Senhor.

O Cordeiro de Deus tirará o pecado do mundo, vencerá o pecado, o inferno e a morte, ressurgindo glorioso e voltando ao seu lugar de origem, junto ao Pai.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s